Viação Piracicabana

Baixada Santista, 14 de dezembro de 2017 (Quinta-feira)

Notícias » CLIENTES PODERÃO FAZER O BR CARD NAS ESTAÇÕES DO VLT

A partir de domingo (10/9), os clientes que estiverem passando pelas estações do VLT poderão confeccionar gratuitamente o seu BR Card Metropolitano na hora, pronto para a utilização.
 
A ação vai atender todas as estações até o início de novembro e começará esta semana nas estações de maior movimento: Ana Costa - Santos (de 10 a 13/09) Mascarenhas de Morais - SV (14 a 16/09). O cronograma será divulgado todas as sextas-feiras aqui no site.
 
Sempre das 12 às 20 horas, na estação haverá o stand de confecção com uma equipe especializada para atender e cadastrar o cliente em poucos minutos. Além disso, todos os clientes receberão orientações de como utilizar as máquinas de autoatendimento (ATMs), em que é possível comprar e recarregar o BR Card através do cartão de débito de forma rápida e segura.
 
 
INTEGRAÇÃO:
 
A partir de domingo (10), 10 linhas do transporte público municipal que cruzam o eixo do VLT em Santos ( 7, 13, 20, 30, 40, 53, 77, 153, 154 e 155) vão contar com a integração tarifária. Isto é, poderão utilizar os dois modais, dentro do prazo de uma hora a partir da passagem na primeira catraca, pagando valor único de R$ 4,40, ao invés das duas passagens que totalizariam R$ 7,90 (economia de R$ 3,50). A integração ocorrerá mediante o uso do cartão BR Card.
 
O usuário que ainda não tem esse cartão precisará obtê-lo para fazer uso dos sistemas de forma integrada. Para isso, basta ir a uma das lojas da BR Mobilidade Baixada Santista. O cartão é emitido na hora, mediante apresentação do CPF.
 
Também pode ser solicitado pelo site da empresa (clique aqui) ou, ainda, em um dos 236 pontos de venda de crédito (clique aqui) disponibilizados na Cidade.
 
FUNCIONAMENTO
 
Se o usuário iniciar seu deslocamento por meio de ônibus, terá debitado o valor correspondente à tarifa desse serviço (R$ 3,85) e, no acesso ao VLT, haverá o desconto no cartão de R$ 0,55 - diferença para completar os R$ 4,40 da tarifa integrada.
 
O mesmo valerá quando utilizar primeiro o VLT (R$ 4,05) e, depois, o ônibus – nesse caso, a diferença debitada será de R$ 0,35. Reforçando que o uso integrado dos dois modais só será válido no intervalo de uma hora entre a passagem da primeira e para a segunda catraca.
 
O BR Card poderá se utilizado no VLT e também nas linhas municipais e intermunicipais. Já o cartão transporte atual, da Piracicabana, permanecerá válido, porém para uso exclusivo nas linhas do transporte público municipal.
 
VALE-TRANSPORTE
 
O usuário que recebe vale-transporte do empregador deve procurar a área de recursos humanos da empresa em que trabalha para requerer a aquisição do BR Card. As empresas que ainda não se cadastraram e querem adquirir o cartão para os seus colaboradores precisam entrar em contato pelo telefone (13) 34651185 ou pelo site portalvt.brmobilidadebs.com.br.

 

Mais informações e esclarecimento de dúvidas na central de atendimento ao cliente, pelo telefone 0800 771 77 78.